Resenha do Livro Vidas Secas

Esta resenha visa apresentar a obra literária ‘’Vidas Secas’’ do escritor Graciliano Ramos, cujo enredo narra a trajetória de uma família de retirantes assolada pela seca do sertão nordestino. O livro é dividido em 13 partes: ‘’Mudança’’; ‘’Fabiano’’; ‘’Cadeia’’; “Sinhá Vitória’’; ”O menino mais novo”; “O menino mais velho”; ‘’Inverno’’; “Festa”; “Baleia”; “contas”; “O soldado amarelo”; “O mundo coberto de penas” e “Fuga”. Distribuídas em 126 páginas.

O livro foi escrito no ano de 1938, e conta a trajetória de uma família que foge da seca do sertão nordestino. A família é composta por Fabiano (o pai), Sinhá Vitória (a mãe), o filho mais novo e o filho mais velho. E também há a cachorrinha da família, Baleia. No início de livro eles se retiram para uma fazenda abandonada, após um curto período de chuva o dono da fazenda volta e Fabiano passa a trabalhar para ele como vaqueiro.

A família de Fabiano é pobre, e passa por várias dificuldades por causa da seca. Fabiano é um homem com dificuldade de comunicação, ele se intitula como um “bicho”. Sinhá Vitória é uma mulher inconformada, responsável pelas contas e pelos sonhos do núcleo familiar. Os filhos (mais novo e mais velho) não são nomeados, o mais novo aspira a ser como o pai, o mais velho deseja um amigo, aproximando-se de Baleia.

Essa obra aborda temas típicos de hoje em dia, a fome, a pobreza, a seca, principalmente em sertões nordestinos.

Diante do exposto a cima, a obra “Vidas Secas” permite vivenciar uma realidade muito dura, de pessoas como Fabiano, tentando sobreviver em um mundo em que ele se sente inferior, fraco, que todos tentam tirar vantagem dele.

por matheuszinhoow7

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s