Auto da Compadecida

Tudo começa com a história da mulher do padeiro querendo benzer a sua cachorrinha que estava doente,e manda seus funcionários João Grilo e Chicó que vão perguntar ao Padre se ele poeria benzer a cachorrinha. O Padre não aceita alegando não ser um ser humano. João homem muito esperto resolve inventar que era funcionário de Antonio Morais (rico proprietário de terra), o Padre muda de ideia repentinamente. Tudo ia bem até que …  Antonio Morais chega a porta da igreja querendo … ir … Bem para saber o final dessa história cômica e recheada de polemicas, intrigas, confusões, cangaceiros e personagens mentirosos, solitários e preconceituosos leia o livro Auto da Compadecida escrita por Ariano Suassuna que juntou várias  temáticas do nordeste em um único livro, além de levantar a crítica sobre a religião e criatividade de cada um!

por matheuszinhoow7

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s