Trovadorismo

Os primeiros registros escritos da literatura portuguesa do século XII foi o momento que coincidiu com a expulsão dos árabes da península Ibérica e com a formação de Estado português, por causa da integração cultural que existia entre Portugal e Galícia. Esses primeiros escritos que foi a primeira da época medieval, que são conhecidos como Trovadorismo. A escrita era pouca utilizada na época, eles memorizavam e transmitiam oralmente. Os poemas eram sempre cantados e acompanhados de instrumentos musicais e de dança, e por esse motivo foram denominados Cantiga. Os autores dessa cantiga eram trovadores (pessoas que faziam trovas, rimas) originando o nome trovadorismo. Esses poetas geralmente pertenciam à nobreza ou ao clero, além da letra, criavam também a música das composições. As cantigas chegaram até nós por meio dos cancioneiros, coletânea (reuniões) de poema de vários tipos, produzindo por muitos autores. As cantigas foram cultivadas tanto no gênero lírico quanto no satírico, dependendo de algumas características que apresentavam. Elas podem ser organizadas em quatro tipos: no gênero lírico cantiga de amigo e amor, no gênero satírico cantiga de escárnio e de maldizer.

As primeiras cantigas eram canções criadas e cantadas por poetas chamados trovadores. Nem todos que cantavam as catingas na corte eram considerados iguais, havia uma hierarquia, que era baseada na classe social. Somente o trovador era considerado um membro do Clero ou da nobreza e era também o criador da letra e da música. Esse contexto foi marcado pelo espírito guerreiro e aventureiro da cavalaria medieval, que foi fortemente marcada pelas Cruzadas as “guerras santas’’ que a Europa promoveu contra o Islã na tentativa de recuperar Jerusalém, que era dominada pelos muçulmanos, embora os motivos fossem religiosos, havia outros interesses: a atração pelo desconhecido e etc.

Na Idade Média a pintura artística tinha uma função de ensinar, pois só o clero e a nobreza sabiam ler, e as pessoas (fiéis) que não sabiam ler e escrever ao ver a imagem eles absorvia as lições do Cristianismo. As imagens eram uma inspiração.

 ——————————————————————————————————————————————————-

The first written records of Portuguese literature of the twelfth century was the time that coincided with the expulsion of Arabs from the Iberian peninsula and with the formation of the Portuguese state, because of cultural integration that existed between Portugal and Galicia. These early writings that was the first in medieval times, which are known as Trovadorismo. The writing was little used at the time, they memorized and transmitted orally. The poems were always sung and accompanied by musical instruments and dance, and for that reason were called Ditty. The authors of this song were troubadours (people doing ballads, rhymes) giving the name trovadorismo. These poets usually belonged to the nobility or clergy, beyond the letter, also created the music compositions. The songs come to us through songbooks, collection (meetings) of various types of poem, producing by many authors. The songs were grown both in gender and in the satirical lyrical, depending on some characteristics that presented. They can be arranged into four types: the genre of lyric song friend and love, in the genre of satirical ditty mocking and cursing.

The first songs were songs created and sung by poets called troubadours. Not everyone who sang the catingas in court were considered equal, there was a hierarchy, which was based on social class. Only the troubadour was considered a member of the clergy or the nobility and was also the creator of the lyrics and music. This context was marked by the warrior spirit of medieval chivalry and adventurer, who was strongly marked by the Crusades “holy wars” that Europe against Islam promoted in an attempt to regain Jerusalem, which was dominated by Muslims, although the reasons were religious, had other interests: the lure of the unknown and so on.

In the Middle Ages the artistic painting had a role in teaching, because only the clergy and nobility could read and people (believers) who could not read and write the image to see they absorbed the lessons of Christianity. The pictures were an inspiration.

por matheuszinhoow7

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s